segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Meu mais novo amor de minha vida

Não tenho preferência por garotas muito jovens, embora ache que antes dos 20 anos, elas não estejam, em sua maioria, corrompidas pelos erros da vida adulta, já que nos últimos anos a sociedade mundial - e mais ainda a brasileira - encanou de que ser promiscuo é sinônimo de "ter liberdade" e que a única maneira de escapar dessa promiscuidade é aderir a carolice alienante das religiões materialistas. Ou seja, dois extremos que não me interessam: "se correr o bicho pega, se ficar, o bicho come".

Para quem gosta de uma vida tranquila, mas não quer aderir ao delirante dogmatismo das religiões dominantes, o jeito e admirar garotas bem jovens. Sem pedofilia, óbvio, sempre respeitando os limites etários da jovem e procurando entender as suas preferências.

Um cara como eu, de boa índole, mas ao mesmo tempo racional, sempre encara a dificuldade de existir uma mulher que seja ao mesmo tempo racional e de vida pacata, pois uma mulher que una as duas coisas é algo tão raro quanto um poodle nascer com chifres.

Então a esperança está nas jovens garotas, que muitas vezes podem ser encarnações de espíritos mais evoluídos, capazes de perderem o interesse a essa vida de noitadas, bebedeiras e consumismo, ao mesmo tempo que não ficam com as crendices sem nexo das religiões.

Claro que nem todas demonstram essa evolução. Miley Cyrus e Taylor Momsem mostraram que estão mesmo é aderir a idiotice pseudo-sensual da vida adulta, com muita irresponsabilidade e atos bastante vulgares. Elas foram contaminadas pelo vírus da orgia adulta.

Mas uma nova musa tem trazido de volta a simplicidade e a sensibilidade que se encaixariam com perfeição na feminilidade e que 90% as mulheres têm descartado pela idiota decisão de imitarem os homens, pensando em vencer na vida com isso.

Hailee Steinfeld - A musa do futuro

A bela e talentosa atriz Hailee Steinfeld, indicada ao Oscar desse ano, me parece, até prova ao contrário, a musa do futuro. Equilibrando simplicidade, inteligência e charme sedutor, Steinfeld mostra que é possível hoje em dia, uma mulher se manter doce sem se manter carola ou infantilizada.

Steinfeld fala com uma voz sensual, mas ao mesmo tempo discreta e longe de qualquer tentativa de vulgaridade. Mesmo com a pouca idade (15 anos em dezembro de 2011), demonstra incrível maturidade e total nexo no que diz. Fala sabendo o que está falando.

Além disso, é uma das mulheres mais lindas do mundo, com uma impressionante semelhança com uma versão jovem da atriz austríaca Romy Schneider, famosa pela série Sissy. Há suspeitas de que Steinfeld seja encarnação de Schneider, embora não haja indícios disto.

De qualquer forma, Hailee Steinfeld me conquistou. Ela se tornou a minha mais nova paixão e faz o meu coração bater diferente. Uma doce garota, que traz de volta aquele belo charme meigo que está tão ausente na personalidade da maioria esmagadora das mulheres, muito mais preocupadas em encher a cara, fazer filhos e torrar dinheiro com inutilidades.

Hailee Steinfeld é um exemplo a ser seguido pelas mulheres e amado pelos homens.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.