domingo, 9 de outubro de 2011

Porque passei a gostar de mulheres mais jovens

Tive que repensar meus conceitos sobre vida afetiva depois de observar os rumos que a sociedade vem dado nos últimos anos. Uma das coisas que relutava muito e agora aceito é a possibilidade de me envolver com mulheres bem mais jovens. Ainda bem que sou muito jovial em comportamento e aparência (eu pareço mais jovem) e posso me adaptar a um relacionamento desse tipo. Mas a decepção com as mulheres de idades mais próximas a minha foi o que me fez mudar meus conceitos sobre vida afetiva.

As mulheres da minha geração, apesar da maioria estar ótima em aparência (mulher se cuida mais), em personalidade estão confusas, pois estão sofrendo as consequências do "afobamento pela vida adulta". Por ser a primeira geração de mulheres a chegar à idade adulta totalmente emancipadas, se comportaram como alguém que viveu no deserto e logo retorna à civilização: trataram de fazer tudo que podiam e não podiam. Resultado: são infelizes em casamentos forçados* e viraram escravas da cerveja e das regras sociais da vida adulta. Não conseguem mais se divertir sem encher a cara e sair a noite. Perderam o interesse por uma vida mais pacata. Para piorar confundem ser jovial com ser idiota, se entregando a referências "culturais" de valor bastante duvidoso. Decadência total.

Piorando ainda mais a situação, as mulheres da minha geração que ainda valem a pena estão envolvidas em relacionamentos sólidos e/ou relacionamentos que se iniciam logo após do fim dos anteriores. Ou seja, mulher de valor não sabe o que é solidão, mesmo que se unam a homens sem valor (cá pra nós, a maioria dos homens que se dá bem nas conquistas são uns verdadeiros panacas, não acham? Mas panaca com mais de 1,75 de altura e cabelo liso é tido como bom pra casar - mundinho troncho esse...), embora vivam espalhando por aí que se sentem sozinhas. Deve ser charminho. Posar de coitadinha rende "Ibope".

À procura de caráter e bom gosto

Antes que me acusem de estar sendo pedófilo, digo que a minha adesão a garotas mais novas nada tem a ver com isso. Pedofilia está ligado a intenções sexuais. Se fosse por sexo, as mulheres da minha idade, por incrível que pareça, não estão decepcionando, já que há muitas trintonas e quarentonas (faço 40 ano que vem) com corpo de gatinha. Muitas mesmo.

A decepção com as mulheres da minha idade está relacionada com a personalidade delas. Como estou a procura de relacionamento estável, é óbvio que não vou ficar fazendo sexo 24 horas por dia. O que garante o sucesso de um relacionamento é a personalidade dos envolvidos. E não há como fugir. Só machões grosseiros colocam o sexo acima de tudo na hora de escolher mulher. Observando o fato de que as famosas vulgares estão encalhadas, enquanto mulheres de classe já não sabem mais o que é "estar sozinha", dá para perceber que os homens mudaram seus critérios na escolha de mulheres. E isso me prejudicou, pois o que sobra, não me interessa e quem me interessa tem dono. Contando, ninguém acredita, mas é a pura verdade. Por causa disso fui obrigado a faezer concessões em relação a idade da pretendente.

As garotas mais jovens vão aprendendo com os erros das gerações anteriores. As mulheres já não chegam a vida adulta com aquela fome desesperada da minha geração. Não há mais aquela obrigatoriedade de "parecer adulto", já que a vida adulta deixou de ser uma "verdade absoluta que deve ser seguida". Somando a isso, há a esperança de que venham espíritos melhores, já que o planeta está para entrar em uma fase de transformação, para que a brutalidade dos homens primitivos (que insiste em recusar a desaparecer, como vemos em todos os ramos da "cultura" popularesca) desapareça de vez. O que significa que as mulheres mais jovens - por incrível que pareça - poderão vir bem mais amadurecidas que as gerações anteriores. Vejam o video abaixo com uma pequena entrevista com Hailee Steinfeld, uma atriz ainda adolescente. O modo dela falar, já demonstra alguma maturidade, escassa em garotas de gerações anteriores quando tinham a idade atual da atriz.

Por isso, acho que minhas chances na vida afetiva de me envolver com alguém que possa valer a pena só existem se eu aceitar as mulheres mais novas. Em Niterói já estou sendo mais paquerado, por mulheres mais jovens. As que tem mais de 25 anos continuam me ignorando. Talvez pela vida destas ser mais mole, com pretendentes garantidos, mesmo que essa facilidade leve a relacionamentos decepcionantes. Ou até pelo fato de ser muito difícil achar alguém de qualidade que fique sozinha acima dos 25 anos (lembrando que mulher é educada pra casar e que o homem é que toma a iniciativa - os mais espertos pegam primeiro as melhores - mulher arrumar homem é "facim, facim").

Repensar os critérios foi necessário. Ser humano não foi feito para viver sozinho e a solidão deprime. Algo precisava ser feito para que a solidão não provocasse algo pior.

Mas com certeza vou encontrar alguém bem legal para conviver. Mesmo sendo mais nova, será alguém que terá muito a me ensinar. Essa é uma certeza.

https://www.youtube.com/watch?v=642VgixPRmo

----------------------------------------------------------------------
*NOTA: Se tradicionamente a maioria dos machos detesta compromisso, porque eles se casam? Não dá para entender o motivo que faz um homem aceitar se casar. Obrigação social? Status? Acham que só casando poderão transar mais? Não sei.

Descobrir porque os machos fanfarrões aceitam se casar é um dos maiores mistérios da humanidade. Ainda vou escrever sobre isto. Há muito o que se descobrir sobre os valores defendidos por uma sociedade machista que ainda trata a mulher como objeto e obriga o homem a ter uma vida promiscua.