sábado, 8 de agosto de 2015

Mal saiu e compacto de Hailee se envolve em polêmica

O povo só pensa naquilo... Uma polêmica surgiu agora com o lançamento de Love Myself. Muitos fãs e principalmente os não-fãs começaram a interpretar mal a letra da música alegando que ela fala sobre masturbação.

Sou fã de Hailee e acompanho boa parte do que ela faz e diz por muito tempo e não creio que ela tenha composto a letra sobre este tema. Ao meu ver é uma música sobre a autoconfiança adquirida após o fim de um relacionamento. Se a Hailee deixou "portas abertas" sobre a pervertida sugestão, deve ter sido por falta de atenção, sei lá.

Hailee havia dito em entrevistas que a música era na verdade um grito de liberdade a favor da auto-confiança. Sua letra é um estímulo para que as pessoas aprendam a gostar de si mesmas, a elevar a auto-estima e a fazer o que mais gosta sem esperar a aprovação alheia. Enfim, Viver a vida amando a si mesmo, acima de tudo. Uma bela mensagem de superação.

Mas num show-business cada vez mais sexualizado (que digam as amigas de Hailee, a Taylor Swift e a Camilla Cabello, inseridas neste contexto), é uma tendência infeliz de sugerir que Love Myself fala sobre sexo. Mas isso pode ser só coincidência, pois não é porque somos amigos de pervertidos que vamos ser também pervertidos.

Felizmente Hailee não é chegada em baixarias, apesar das amizades serem meio barraqueiras. A ideia de que Love Myself é sobre masturbação pode ter sido plantada por algum desafeto mal intencionado, interessado em derrubar a carreira de Hailee.

Curioso que ninguém até agora falou mal das investidas assumidamente pornográficas da "ativista" quixotesca Miley Cyrus. Porque blindam a destrambelhada filha de Billy Ray Cyrus e atacam a correta Hailee? Porque será?...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.