sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Hailee se destaca entre os 10 mais jovens na música em lista da Billboard

A Billboard divulgou a sua lista de 21 Under 21 com os 21 entertainers com menos de 21 anos (maioridade máxima na lei americana) que tiveram destaque no ano de 2015 na música. E olhe quem está no 10º lugar: Hailee Steinfeld! 

Caramba! Apesar da lista ser uma lista ligada a paradas de sucesso dá para se alegrar com esta colocação, pois Hailee está começando a carreira musical, tem apenas 1 hit nas paradas e sua música ainda difere (é muito melhor, aliás) da maioria que costuma frequentar as rádios nos últimos 20 anos. Ou seja, e uma baita conquista!

A Billboard ainda escreveu um texto para cada nome e aqui está a tradução do que foi dito sobre a Hailee. Para quem quiser ver a lista completa, clique neste link. E eis o tal texto:

"Por que ela é quente: Rara é a estrela pop que ganha uma indicação ao Oscar antes de tentar música, e mais raro ainda é a cantora que sobe nas paradas com uma canção que é supostamente sobre masturbação. Hailee Steinfeld é ao mesmo tempo isso tudo. 

A nativa de Los Angeles encontrou a fama em 2010, quando seu papel como Mattie Ross no faroeste True Grit dos irmãos Coen lhe deu uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante. Ela passou a aparecer em filmes como Ender's Game e Pitch Perfect 2 antes de assinar com Republic Records em 2015 e soltando "Love Myself," um único dance-pop em que ela canta: "Eu vou colocar meu corpo primeiro e / me ama tão difícil até doer". 

Steinfeld disse que a música é sobre a auto-confiança, não necessariamente sobre amor próprio, mas de qualquer forma, a faixa chegou a No. 30 na Billboard Hot 100, um trabalho de antecipação para o álbum de estréia, onde ela trabalha com produtores como Mattman & Robin, conhecidos por seu trabalho com Taylor Swift. 

Falando de Swizzy, Steinfeld aparece no blockbuster de vídeo de Taylor "Bad Blood" e conta-se como um membro de sua "esquadrão", uma associação que é certamente adequada a ela."

PS: Só incomodou a tal da "masturbação" atribuída à letra. É uma polêmica que parece não ter fim. Parece que para escrever letras sobre auto-confiança exige o máximo de rigor na escolha das palavras, para não alterar o sentido. Vá se entender as pessoas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.